6360838407630572282001352595_mindsets2Sua mente é seu guia, sua rota. É ela quem determina sua ascensão ou seu declínio. Se você decidir fazer uma mudança na sua vida, qualquer que seja, se não se comprometer a desenvolver sua mente, essa rota estará fadada à paralisia. Estar com a mente aberta para lidar com as adversidades é a grande sacada e o grande desafio em nossos tempos. Ela é a base para acelerar o seu crescimento.Pensamentos são coisas e essas coisas dizem algo sobre você e seus resultados. O pensamento te leva ao sucesso ou ao fracasso em fração de segundos. Responda: Você está disposto a permitir que a sua mente mude para melhor? Está pronto para assumir o rumo da sua vida?

Mindset

Mentalidade ou Mindset é o mesmo que dizer “mente configurada”. Seu mindset é formado por crenças (o que você acredita, em todas as áreas da sua vida, com sentimento) e valores. Tudo o que você aprendeu e absorveu até hoje, desde a época que estava na barriga da sua mãe, determinou seu mindset. Seu modo de ver, agir e sentir hoje é reflexo desses padrões aprendidos e interpretados por você. Podemos dizer que é a sua configuração mental. No caso da mentalidade fixa, alguns programas instalados em sua mente estão com vírus, outros estão travando o sistema. Em decorrência disso, vem a insatisfação com os seus resultados. É preciso reconfigurar, deletar alguns programas ruins, instalar outros e manter aqueles que são importantes e estão em ótimo funcionamento.

Alicerce da mente empreendedora

A base do meu trabalho como Coach de Lideres ( no trabalho ou na vida) é o desenvolvimento da  Inteligência Emocional. O que desenvolve e mantém uma mente empreendedora são os Pilares que sustentam a Inteligência Emocional. O conceito de Inteligência Emocional é da Psicologia. Explica a  capacidade que todo indivíduo tem para reconhecer e avaliar as suas emoções e também das outras pessoas. Além disso, essa auto-percepção adquirida, auxilia na capacidade de desenvolver novas formas de lidar com situações inesperadas, relações no trabalho e na vida. Essa inteligência é o diferencial em nosso momento e o alicerce para uma mente sempre em crescimento. Esse conceito se fortaleceu no Brasil por volta de 1995, com a contribuição de Daniel Goleman (psicólogo americano). Nessa época o RH das Organizações direcionaram seu olhar para o potencial humano e passaram a focar em estratégias de desenvolvimento das competências humanas.

Por onde começo?

Para desenvolver uma mente empreendedora é preciso transpor barreiras. Comece dizendo “não” àquilo que você diz sim e dizendo “sim” para tudo ou quase tudo aquilo que você diz não! Questione seu padrão de pensamento todos os dias: Por que eu não posso? Por que isso é para o outro apenas? Por que eu acredito nisso? E se eu pudesse fazer de outra forma? Como seria? Abra a mente para pequenas mudanças diárias. Abra-se para novas atitudes e oportunidade que atravessam o seu caminho.

Como vou saber se estou realmente mudando?

A mudança da mente é provada através dos resultados que produz em sua carreira e na vida pessoal. É bem simples, olhe para seus resultados hoje. Por isso, conecte-se com seus reais motivos e tome as decisões iniciais. Seu destino muda se você mudar a rota que a sua mente está acostumada a percorrer todos os dias e em todas as situações. Perceba se o movimento dela está sendo  manter você em sua  zona de conforto. Esse é o movimento automático da mente pra te preservar dos sofrimentos, gastos excessivos de energia em outra direção. Mas, se você não se lançar em novos desafios e encarar essa zona de segurança, de que forma vai alcançar o que tanto vem desejando? Aliás, pensa aí: Há quanto tempo você vem pensando em mudar de emprego? Há quanto tempo você pensa em dar um “up” em sua carreira? Há quanto tempo você pensa em abrir seu próprio negócio? Há quanto tempo você pensa em dar um tempo pra você? Há quanto tempo você diz que vai fazer aquele curso e nunca começa? Há quanto tempo???

Pensamentos que limitam

Quero te dar uma dica agora. Pega papel e caneta. Escreve numa folha quais tem sido seus pensamentos recorrentes nos últimos 30 dias. O que você pensa todos os dias sobre todos os aspectos? Escreva tudo. Estudos mostram que temos em média 70 mil pensamentos dia, sendo que 90% deles são repetitivos…UAU! Que coisa doida hein! Isso mesmo, eles se repetem na mesma frequência, todo dia a mesma vitrola toca na sua mente. E nessa correria enlouquecedora você continua ouvindo esse disco furado sem se dar conta de que suas ações são diretamente impactadas por eles! Depois que escrever tudo, reflita: Quais comportamentos você tem exteriorizado diariamente? Analise cada um deles e decida agora trabalhar esse pensamentos que vem enfraquecendo quem você é! Eles fazem você se distanciar de você, por isso mesmo que você deixa de lado seus projetos de vida. Faz sentido? Nosso foco direcionado em nossas incapacidades são criadas pelas mentiras que nossa mente contou pra nós a vida inteira. São tantas mentiras que faz-se urgente iniciar a limpeza do mindset, a limpeza desses arquivos. Sem essa varredura não há como avançar em pequenas atitudes diárias. O desânimo, os problemas, as mudanças, o medo e os fracassos são obstáculos à mudança de mentalidade. Fique atento a esses obstáculos e crie uma lista com estratégias para sair deles quando estes aparecerem no seu caminho! Imagina como seria maravilhoso se pudéssemos apertar um botão – Download – e toda essa nova configuração fosse instalada! Nossa…seria genial!

Autoconhecimento

A insatisfação constante e a falta de motivação são sentimentos que nos assombram nos tempos ruins, fazendo parecer que o problema é maior do que ele realmente é. As angústias, as ansiedades diárias nos impactam como se ainda tivéssemos uma mente infantil. A rotina consome e não conseguimos manter o foco no que realmente interessa. É preciso ser fiel a esse caminho quando desejamos uma nova mentalidade. Um caminho seguro é a busca pelo Autoconhecimento. Com esse conhecimento de si mesmo, você identifica possíveis sabotadores da mente e assim pode diminuir as chances de perder-se. A coragem de fazer novas escolhas e nelas prosseguir. A possibilidade do fracasso existe. Ele pode acontecer, porém com uma mentalidade de crescimento você olha, entende os erros, sente aquele friozinho na barriga, que é inerente ao ser humano e segue seu trajeto. Vencendo os primeiros desafios, os próximos serão mais leves. A cada passo que damos nos abastecemos de potencialidades. Rapidamente saímos de um núcleo de desmotivação, encaramos o que precisa ser feito e resolvemos as situações. Isso é ter uma mentalidade empreendedora na vida! Você troca problemas por soluções.Planeja. Age.Diminui as expectativas no outro. Aumenta as expectativas em você e passa a estabelecer suas prioridades.

Decida por um novo movimento!Envia uma mensagem e juntos traçamos um plano personalizado em seus objetivos para que sua rota seja assertiva! É super possível! Mas quem precisa acreditar e dar o primeiro passo, é você!

Com carinho,

Silvana Girardi.

prospecção de clientes

Como manter as vendas em alta diariamente? Como vender todos os dias? Como atingir o inatingível? Como atingir minhas metas? Por onde eu começo?

O sucesso do seu negócio depende muito dessa ação. A prospecção é uma etapa do funil de vendas que tem como objetivo a tentativa de contato com potenciais clientes.

O Calcanhar de Aquiles.

Sim, esse é o calcanhar de aquiles da maioria dos profissionais de vendas – PROSPECÇÃO.

É o bicho papão dos vendedores e pequenos empreendedores. O fantasminha que persegue muita gente que foge desse comportamento imprescindível no mundo das vendas e dos negócios. A prospecção é a base para obter resultados extraordinários a médio e longo prazo. Aquele famoso ditado: você colhe o que planta, serve aqui também. Por isso, quantidade de ligações não determina os resultados esperados nas vendas, mas a qualidade sim!

Ainda existe uma mentalidade antiga de que o que manda é a quantidade. Quanto mais visitas ou ligações você fizer, maior será o número das vendas. E isso já não faz tanto sentido! A equação assertiva quando falamos em prospecção de clientes nos dias atuais é:

Planejamento – Customização – Treino – Acompanhamento.

Planejar e Customizar uma ligação ou visita de prospecção dá trabalho! Por isso mesmo são poucos os que realizam essa função de vendas com maestria. Planejamento e Prospecção são 2 habilidades distintas em vendas, porém totalmente complementares quando o assunto é prospecção de novos negócios. Uma não vive sem a outra, apenas sobrevivem. É essa a chave do sucesso para a prospecção.

Pontos Importantes na hora de Prospectar:

Prospectar não é vender. Então, se você fizer uma visita em uma empresa com o objetivo de conhecê-la, não tente transformar esse encontro em uma reunião de vendas logo de cara. O cliente não está esperando por isso e provavelmente não estará preparado para negociar naquele momento.

  • Aproveite os clientes e contatos que você já possui e peça novas indicações. Sim! Se seus clientes, parceiros e conhecidos gostam do seu trabalho, da forma e competência com que atende e entende, eles farão questão de fazer indicações a você e a sua empresa. Pedir Indicações é uma outra habilidade dos profissionais das vendas, portanto foco na palavra!
  • Comece a prospecção de uma forma mais barata e leve: procure em sua carteira aqueles clientes que não compram há 12 meses, depois 9 meses e depois 6 meses. Procure entender o que fez com que eles se afastassem de você. Até porque essa informação, vai ajudá-lo a entender o que você pode evitar com os clientes recorrentes ou clientes novos. Entendimento é uma base aliada no processo de vendas e prospecção.
  • Aproveite as mídias sociais para fazer prospecção. Em sites de busca, redes profissionais, listas de emails etc. Nessa hora vale muito mais a criatividade, utilizar seus pontos fortes e apresentar aos seu público alvo novas formas de exposição  explorando seu potencial nas redes sociais. ESSA ÁREA NÃO PODE FICAR DE FORA. LOGO MAIS, É ISSO QUE VAI PREVALECER. FIQUEM ATENTOS!
  • Conhecer o cliente significa mais do que ter planejamento. Você mostra a ele que a empresa dele é importante e que sua companhia gostaria muito de tê-lo como parceiro comercial. Pesquise sobre a empresa, sua atuação, sua composição, seus produtos, suas necessidades. Leia sobre o mercado em que a empresa atua, saiba como a economia para o setor está caminhando. Isso tudo é importante no momento do primeiro contato. Também porque suas perguntas não podem ser primárias. O tempo é precioso e quanto menos perguntas básicas você fizer, mais estará atuando nas perguntas que abrirão o problemas da empresa, cujo foco estará na sua proposta de valor.
  • Participe de feiras, eventos e workshops da sua área de atuação. Networking é uma forma forte de prospecção nos dias atuais. Lá estão os tomadores de decisão e os influenciadores. Lá está a inovação para seu negócio. Lá você tem a oportunidade de pensar com tranquilidade, fora do redemoinho que te envolve todos os dias, impedindo de planejar novas estratégias para as vendas.
  • Crie tempo em sua agenda para preparar  conteúdos relevantes nos e-mails, material de divulgação e newsletters. Saiba com quem você está conversando no telefone e se essa pessoa tem autonomia para tomar decisões. Na hora de prospectar, tenha certeza de que a empresa tem o perfil do seu produto ou serviço. Tenha certeza de que o PCI (Perfil do Cliente Ideal) está de acordo com os objetivos da sua empresa.Vou abrir um parênteses aqui com alguns itens que irão te ajudar definir qual é o Perfil do seu Cliente ideal:
    • O que seu produto/serviço resolve de problema?
    • Quem é a pessoa dentro da empresa que tem esse problema?
    • Qual o impacto desse problema no dia a dia dela?
    • O que a pessoa precisa ter para se beneficiar do seu produto/serviço?
    • Quanto de recurso financeiro ela precisa ter para se beneficiar da sua solução?
    • Se você pudesse focar em apenas um tipo de cliente, qual seria?
    • é importante definir algum potencial cliente, pois sem a definição você não terá foco suficiente para partir para a próxima etapa – você continuará no erro de prospectar um monte de gente de modo aleatório e não aprender nada com isso (dependendo exclusivamente da sorte para fechar negócios).
  • Nada de improviso na hora de conversar com o cliente. Tenha um script orientativo. Prepare uma lista de questões que você deverá apresentar para o seu interlocutor. Mas cuidado com a avalanche de informações que vai derrubar em cima dele. Apresente-se, diga o nome da empresa e o produto que vende – o chamado 3 em 30.  E lembre-se: “escutar” também faz parte da prospecção de clientes. Aliás é essencial para coletar dados preciosos que envolvem o problema e a transformação que o cliente deseja.
  • Terminou o processo? Qual será o próximo passo? Deixe claro o que você pretende – pode ser uma retomada da conversa ou uma apresentação. O importante é deixar isso acordado e que ambas as partes concordem com o processo. Passar de prospecção para cliente leva tempo. E o sucesso do negócio aumentará com esse contato permanente, que gera confiança e segurança. Follow-Up é uma ação que faz parte do processo de prospecção e precisa ser muito bem acompanhando, caso contrário o trabalho perde seu sentido. Poucos vendedores dão continuidade ao processo de prospecção, por isso não colhem resultados. Fazer follow-up é um outro diferencial  quando falamos de prospecção.

Quantas vezes eu tento?

Muitas pessoas me perguntam sobre essa questão: Silvana, quantas vezes eu tento o contato com um lead antes de desistir dele?  Não desista antes das 10 primeiras tentativas. Faça 10 tentativas e veja a porcentagem de Leads que você consegue contato após um determinado número de tentativas variando entre 0 e 10. Você verá que, quanto mais tentativas, com mais gente você conseguirá contato, mas chegará uma hora que essa variação não será tão grande, e é esse o ponto onde não vale a pena desistir. Muitos DESISTEM. Persista! Inclusive  faça contatos alternando a forma e estratégias. Utilize o e-mail desenvolvendo um texto mais curioso do que persuasivo. Chame a atenção do cliente! É disso que estamos falando, chame a atenção!

Rotina de Prospecção

Todo dia é dia. E lembre-se quantidade é diferente de qualidade!!!. Todo dia na parte da manhã, eu indico! Na sexta-feira a tarde faça o planejamento da semana seguinte. Identifique os clientes que serão seu alvo, pesquise, analise e vá pro jogo. Só assim você desenvolve essa habilidade. Depois de cada término, escreva os pontos positivos dessa ação, escreva o que não deu certo e alinhe novas estratégias. De repente, um vídeo personalizado para um nicho específico de cliente vai dar mais resultado se comparado a um e-mail marketing. Que tal testar?

É interessante que haja um consenso do processo de prospecção na sua empresa. Se na sua empresa, onde você atua, não existe um método para prospectar, se cada um faz de uma forma ou nem faz….é chegada a hora de você tomar a decisão de iniciar uma conversa sobre isso. Seja você vendedor, gerente, supervisor ou proprietário. Não importa. Uma pessoa de vendas é um empreendedor. Preocupa-se com o todo e sente-se responsável pela performance da equipe em que está inserido. Esse assunto precisa ser discutido e principalmente iniciado.

Avante? Conte comigo!

Se tiver alguma pergunta, deixe aqui nos comentários e em breve respondo pra você!

Até a próxima!

Silvana Girardi

Pessoas – Equipes – Negócios de Alta Performance.

Eu Sou!

O seu singular faz a diferença.

O mundo realmente não pára. A evolução é constante e muitas vezes essa velocidade traz a sensação de que não estamos acompanhando, estamos sempre atrasados, parece sempre estar faltando muita informação e conhecimento, não é mesmo? O conhecimento chega para todos de uma forma incrivelmente rápida. Apertar botões é hoje um luxo! Facilitou muito o processo de busca, de idas e vindas a bibliotecas, a cópias extensas. É a lei do esforço mínimo para grandes resultados. Será que essa regra dá certo em tudo mesmo? Pra pensar!

Hoje, o cenário propõe um novo diálogo entre seu cliente e você. Clientes ou profissionais querem um tratamento exclusivo. A comunicação entre o gestor e sua equipe não é mais funcional quando generalista! Por isso lembre-se: VOCÊ É ÚNICO! O outro também é único, então, seu olhar precisa e deve ser diferenciado. Não estamos em bandos. Estamos em Times e isso faz toda a diferença!

Quem é você?

Possui um nome e sobrenome. Possui um conhecimento que é mérito seu, ninguém o rouba. Possui uma história de vida até aqui que é única e expressiva. Se fosse possível montar um painel dessa história,quantas cores e formas ela teria? Seus talentos e a maneira com que atua neles gera um resultado que também é singular. Assim como o outro –o cliente – também é munido de características únicas e intransferíveis. O que ele deseja é ser entendido e depois atendido de maneira singular! A sua contribuição no papel de empreendedor nas vendas pode ser potencializada, pode ser revisada de tempos em tempos. Na verdade, deve! Saia da mesmice, dos padrões automáticos que a correria te leva. Esse movimento pode te trazer muitos ganhos na produtividade e você modela sua ações de acordo com a imagem que quer desenvolver. Notável. Entende?

Você está conectado?

Estar conectado com seu propósito te leva a um caminho transformador. É um movimento  encantador e auto dirigível.Quando você vê está vivendo algo que simplesmente te anima. Traz a sua alma pra superfície! Por onde você estiver, estará sua marca, o seu diferencial. Se você parar agora e perguntar pra 10 pessoas distintas: Como você me define em 2 palavras? Se pelo menos 7 dessas forem idênticas ou similares, parabéns, você está no caminho! Reputação alinhada à ação. Se o contrário acontecer, reflita sobre o que você anda fazendo ultimamente.

Ao visitar um cliente para vender, defina antes qual a contribuição que deseja dar a ele. De graça. Essa contribuição vem antes da comissão, do lucro, do dinheiro. E é nessa contribuição que está o seu diferencial. Você faz a empresa crescer, sendo ela sua ou não. Na verdade quem mais cresce mesmo é você! Seus valores pessoais vivenciados na prática levam-no a um novo padrão de comportamento e de conversas. Você se permite sair da zona segura e se propõe a evoluir levando com você quem participa do seu dia. As pessoas vão querer te seguir,elas enxergam a diferença que você produz no ambiente. Quando uma empresa e seus parceiros internos se orientam para gerar uma proposta de valor, esse engajamento gira a engrenagem ora enferrujada… O coração da empresa jorra sangue e pulsa sem medidas! Nem as mudanças extremas, as crises, as transições, as desculpas em torno da falta de tempo para planejar, sobrevivem nesse caminho.

Lupa nela!

Se a sua mente anda focalizando os problemas, você deixará de enxergar o potencial que existe dentro de você! Para ser diferente, deixar sua marca registrada na memória das pessoas é preciso decisão. Vou te confidenciar algo: quando eu encontro um cliente antigo, da época em que eu trabalhava como vendedora em empresas e ele me diz que sempre se lembra de mim, que o meu atendimento era diferenciado… meu coração pula de tanta gratidão!!! Vem aquela certeza: FIZ O QUE EU DEVERIA TER FEITO. DEI O MEU MELHOR!

O que você quer ouvir dos seus clientes daqui 3, 5 ou 10 anos quando encontrá-los na praia, no supermercado, na fila do banco ¿

Vendedor é empreendedor

Seja vendedor, gestor ou consultor. O apelido que você carrega não importa. Você continua sendo vendedor. Sabe por que? Porque se você desenvolve essa mentalidade, você assume a responsabilidade de inspirar pessoas, atender com alto grau de entusiasmo e repassar seus aprendizados aos seus colegas de trabalho, sejam eles que for. Não importa. Você faz e ponto!

Somos todos engenheiros na obra que se chama – relações. O momento que vivemos é baseado no atendimento olho no olho. Isso nunca se fez tão importante. É preto no branco. Transparência e alinhamento de interesses. O mundo dos negócios está carente de pessoas desse nível! Os empresários, os contratantes reclamam sistematicamente sobre a falta de humanidade nos negócios e na construção das organizações. Queridos…olhem pra sua MENTE! Leve-a a quebra de padrões limitantes!  Se você não insistir nisso, nada muda! Entende?

Qual é o seu?

Me diga então: Qual é o seu diferencial? A sua marca, aquela que você desfila todos os dias, diz realmente quem você é? Tudo o que você diz e faz está alinhado com as suas ações do dia a dia?Em quais momentos você sente que está se perdendo? Ou perdendo o foco?

Eis uma pequena reflexão. Tenho certeza que ela fará um bem pra você e pra sua carreira na área das vendas e do empreendedorismo.

Eu sou a Silvana Girardi, eu sou Coach, sou Palestrante, mas antes disso tudo…eu sou vendedora de mim mesma, do meu trabalho, dos meus serviços, do meu propósito! EU SOU!!!

Escreva aí seu mantra! Escreva aí quem é você – nome e sobrenome! Leia e repita todos os dias! Tenha essa força, vai lá e mostra pro mundo quem você é!

Com carinho e certeza!

Silvana Girardi

Desenv. Profissional e Pessoal

Equipes – Pessoas e Líderes de Vendas!

 

© 2014 Silvana Girardi - Coach & Psicóloga