quadro-porta-meias-perdidas-cq-11-3Hoje me peguei naquele velho necessário ritual: “a caça das meias perdidas”! Quem nunca? rs

Confesso que quinzenalmente invisto alguns minutos nessa tarefa – nada agradável – por sinal, mas necessária! Ainda mais quando você tem 2 filhas, e elas, quase que diariamente recitam o mesmo verso:

– Manhê cadê aquela meia preta de bolinhas rosas? E aquela branca com borboletas azuis? E vamos a caça! Nem sempre encontramos, mas persistimos na saga matinal!

Não sei o que acontece, se esse mistério já foi por alguém desvendado, mas como que num passe de mágica, os pares se perdem e sem deixar rastros… Como é que pode?

Seria  falta de organização? Falta de uma gaveta exclusiva para elas? Ou a existência de uma máquina de lavar que engole meias? Isso não veio no manual de instruções…! Na verdade creio que seja um pouco de tudo. Outro dia doei umas roupas e no meio delas, por distração,  foram juntos 2 pés de meias coloridas. Como eu soube? Através de uma mensagem da amiga que fez a intermediação, caso contrário, jamais saberia do paradeiro dessas duas! Outro dia também me lembrei que o Rock, nosso querido cão, que já não está entre nós, comeu umas 5 pelo quintal … não me lembro quais eram…

A minha única certeza hoje é que na sacola de meias perdidas, existem solitários pés, sem pares e que continuarão solitários… outros, ainda serão revelados, novamente formados!

Nem todos os mistérios são desvendados 

Onde é que tudo começa?

um trabalho que já não dá mais prazer, e não se sabe por que …

um vazio, ás vezes uma angústia inexplicável,

uma dúvida recorrente, uma relação que não acrescenta,

incerteza do propósito, um amigo que sumiu,

uma saudade,

uma dor … a dor nas costas, na lombar ou na cervical…

a dor emocional, a dor das quedas, a dor do fracasso, a dor da decepção, a dor que dói…

Onde é que isso tudo começou? Quando é que os pares se tornaram pé? E se você plantasse esses pés, solitários, em terra firme? O que nasceria deles? Que fruto colheria? Que árvore semearia?

Qual ideia? Qual invenção? Que vida terias? Quais conversas, atitudes? O que esse “novo”, regado,  lhe daria? Impactos? Haveria?

Entre versos, reversos, controvérsias, poemas, linhas e palavras, eu reinvento:

1 pé de meia, 1 par delas, e uma mente imaginativa. Uma viagem, uma forma de ver, sentir, de fazer, de agir, de planejar, de pedir, de trocar, compartilhar … quem sabe iniciar a semeadura?

Sempre, creio que nesse caso eu possa dizer – Sempre! Sempre haverá uma sacola de meias com pés solitários, muitos deles á espera de novamente formar o par. Lá ele estará: ora cheio e repleto, ora solitário, confiante. Algo poderá ser colocado, outros tantos, retirados. Já não serás mais o mesmo! Quem? Você! Sim, você!

1 par ou 1 pé?

Se então, você sentir, que perdeu-se de si. Acalma. Vai lá na sacolas de meias perdidas e atento, uma a uma, retome o que ficou perdido, engavetado, esquecido … por algum motivo, por alguma razão, porque você priorizou em outros setores. E agora, chegou o momento.

Não tenho como dizer. Mas estarás mais perto de quem és: o seu “eu” verdadeiro. Aquele que se arrisca a procurar, a começar, a meiar e a findar! Pronto novamente para A-COR-DAR naquilo que sua alma vem clamando, pulsando, procurando: novos pés de meias!

Silvana Girardi

Pessoas – Equipes – Empresas.

Desenvolvimento Pessoal e Profissional.

 

www.silvanagirardi.com.br

  foco

Garanta o FOCO nas metas

São tantas tarefas a realizar durante o dia… Por onde eu começo? Ahhh vou por aqui … quem sabe seja melhor! Minha meta está muito fora da realidade… já que não vou atingir, o que eu fizer tá bom! O que eu fizer…será inútil! Será que eles não percebem que esse número é um absurdo!

Uau… Quanto pessimismo em 1 segundo apenas! Já se viu nessa situação? Ou melhor, já se pegou com esses pensamentos persecutórios e totalmente enfraquecedores para seu dia, seu mês e seu resultado?

Sim! Você é humano!

Tem dias que é um desafio sair da cama. Tem dias que a vontade é escavar um buraco e ficar ali quietinho… até que tudo passe! É verdade. Mas esse pensamento mágico não traz o que você precisa para ser um vendedor Top e fazer a diferença! A meta existe. Real ou impossível aos seus olhos, ela existe. Você é o protagonista nessa história que escolheu desenhar, nessa história da vida real que se chama VENDAS. Quem escolheu trabalhar na área de vendas, escolheu driblar os obstáculos com criatividade e muito esforço. Se você persistir nas lamentações e julgamentos, acreditando que “eles” não sabem fazer, não sabem como está a realidade ou não dirigem bem o setor de vendas, estará jogando na lata do lixo uma energia preciosa… Uma energia que se canalizada positivamente, congruente aos teus objetivos de vida, fará grandes contribuições! Queridos, faça seu melhor independente do seu meio, sabe por que? Por que o universo vai retribuir o que você mandar. É essa a lei! O que realmente interessa para que você ganhe mais dinheiro? O que você deve fazer agora para ser o melhor vendedor da história? O que você vai ensinar aos seus colegas de equipe¿ O que você faz e faz muito bem e impacta positivamente seu trabalho¿

Foque no que é importante!

1º. Você já sabe a sua meta,

2º. Você está consciente do seu propósito, sonhos que quer conquistar,

. Você já sabe que o caminho é desafiador,

4º. Você já sabe (mas não sei se começou…), que é importantíssimo planejar,

. Você já sabe que seu resultado depende única e exclusivamente de VOCÊ!

Foque seu maior esforço em 1 ou 2 metas no seu mês. Sim, eu sei que você tem inúmeras tarefas a fazer, porém lembre-se que você é vendedor e sua função é gestar clientes, encantá-los, prospectar e fazer acontecer como um empreendedor de gente e de negócios! Você é o dono do seu negócio!

Quantas fatias têm a sua meta mensal?

Vou sugerir que você fatie sua meta mensal em 4 partes. Você vai perseguir uma fatia por semana, em reais. A meta deve ser clara, OK?

Defina 1 ação crucial para atingir ou até mesmo ultrapassá-la. Qual será a ação matadora? Qual será a sua meta em novas atitudes e comportamentos essa semana?

Aqui vai uma dica: Por exemplo,  você decide prospectar 10 clientes inativos todos os dias, no período da manhã. Faça um plano de ataque para isso. Na sexta feira, a tarde, escreva esse plano com detalhes. Na segunda feira você vai para o ataque logo cedo e não se perde nos papéis e nos acontecimentos inesperados. Creia e se prepare! Você terá tempo para tudo!

Faça um levantamento do histórico de compras desses clientes.

Crie pacotes de produtos ou serviços que irão impactar sua oferta para o público que você definiu. Por isso, estude-o o máximo que puder! Se você não se preparar, irá falhar!

Crie indicadores para você saber se o caminho está bem direcionado ou não, se está atendendo a sua expectativa e da sua empresa. Exemplos de indicadores: Nr. De propostas enviadas nesse período, Nr. De Pedidos fechados para clientes prospects, Nr de ligações x Nr. De fechamentos etc. O importante é mensurar e acompanhar o trabalho. Se não estiver atendendo sua expectativa, mude a rota!

Centralize a energia

Direcione sua energia em 1 meta na semana. Será mais provável o atingimento! Assim você vai dar conta de atender os clientes que irão ter ligar, os problemas que aparecerão e tempo para realinhar as prioridades do dia seguinte. LEMBRE-SE – TRABALHE SUA MENTE PARA ISSO. VOCÊ É CAPAZ! Mesmo se o mundo disser “não”, desenvolva uma mente de “vence dores”.

Quando aparecer um obstáculo, crie formas de resolver com ações simples sem deixar de lado a meta do dia.

1 coisa de cada vez!

Você só pode fazer uma coisa de cada vez com maestria! Isso é verdade! Fazer várias tarefas ao mesmo tempo é possível, porém quando você desvia o foco da meta principal, sentirá a decepção no fim do dia. A produtividade será baixíssima. A ciência nos mostra que o cérebro humano pode focalizar totalmente apenas um único objeto de cada vez. Por exemplo, Earl Miller, neurocientista do MIT, explica: a tentativa de concentrar em duas tarefas provoca uma sobrecarga na capacidade cerebral …

Essa tentativa impacta diretamente o seu negócio. Se a energia está dividida em 1001 tarefas e incêndios diários, 20 metas acontecendo ao mesmo tempo, você perde a capacidade de pensar, criar e ser assertivo. Quanto mais se torna um profissional multitarefas, menor o seu desenvolvimento pessoal para lidar com desafios quando eles aparecem. Você se perde, cria o hábito de dar desculpas para seus pequenos fracassos e reforça crenças de incapacidades. Reforça cada dia mais a sua zona de conforto. Faz tudo igual todos os dias.

Escolha!

Escolher é fácil? Não! É necessário.

O foco é necessário para receber o que você planta. A execução com maestria, com foco, persistência, fará você dizer não para tudo aquilo que te desviar do seu propósito. É PRECISO DIZER NÃO. Saia da linha dos medianos. Ensine-os a fazer. Compartilhe suas ideias com a gerência, diretoria ou a presidência. Não importa quem são eles. Eles também precisam de ajuda. Eles precisam de gente que faz antes que peçam! Você precisa de você com todo o seu potencial e mais um pouco. Esforce-se! Depois me conta se valeu a pena! Eu creio, valerá!

Quer conversar comigo? Quer receber dicas em seu Whatsapp? Clica aqui e será uma felicidade te conhecer!

bit.ly/WhatsAppDaSil  é só clicar e imediatamente vamos conversar!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário ou pergunta! Eu vou responder!

Silvana Girardi

Inteligência Emocional, Comportamento e Mentalidade em Vendas.

Pessoas – Equipes e Líderes de vendas.

 

 

 

   

O que te impede de ter novas atitudesAtitude é tudo mesmo? Arrisco a dizer que não! Acreditar nisso vai te ajudar, claro! Porém, se assim fosse, a única coisa que me separaria de ser um médico seria a atitude e isso não é real. Há outro fator nesse caminho: talento e competência técnica. Muitas vezes as pessoas insistem em algo ao qual não tem nada haver com seu dom. Dessa forma a atitude está desalinhada ao seu ponto forte e aos seus objetivos. Não alcança os resultados imaginados e não se dá conta disso. Atitude é um sentimento interior que se expressa pelo comportamento exterior. As pessoas projetam no exterior o que sentem no interior.

O grande desafio em nossos dias é a manutenção de atitudes positivas ao mesmo tempo que se leva a vida diária. E como toda boa corrida, há obstáculos no trajeto. Você  e todos os outros esperam que a vida seja fácil e tranquila, quando se deparam com um obstáculo se irritam, se surpreendem ou sentem medo. Excluímos a possibilidade de lidar com esses obstáculos. Delegamos a resolução deles para outra pessoa, tentamos controlá-lo ou  desistimos de correr atrás. Pessoas de sucesso esperam enfrentar obstáculos. Acreditam que eles fazem parte da vida e se preparam para quando um deles surgir em sua frente. Enquanto o seu foco estiver atrás ou na sua frente, você estará lidando com questões superficiais, menores se comparadas ao que está dentro de você. Obviamente que quando seu caminho é plano e tudo está saindo conforme o planejado, é mais fácil manter uma atitude pró ativa e positiva. Sua atitude realmente passa a fazer a diferença quando os desafios maiores passam na sua vida. Nesses momentos a  sua atitude é o que realmente fará a diferença levando-o a prosseguir ou desistir!

Conheça 5 obstáculos à atitude:

Abaixo vou listar os 5 obstáculos que se você fizer uma preparação mental e emocional, poderá enfrentá-los durante toda a sua vida. Esses obstáculos existiram e sempre existirão em seu percurso. Fugir deles não vai resolver. Olhe-os de frente e sempre enfrente-os, dessa forma será a melhor maneira de viver leve e perseverante. São eles:

1 – Desânimo: 

Desanimo

Realmente tem dias que a melhor coisa a fazer seria ficar na cama. Parece que tudo dá errado. O pensamento que persegue é: “A vida é dura” … Com essa frequência irradiando o seu dia não há como ser diferente, não é mesmo?  Em cada fase da vida há aspectos bons e ruins. A chave é concentrar-se nos bons e aprender a conviver com os “ruins”. Dicas para lidar com o desânimo: Olhe para a situação que vive atualmente no “todo” e não apenas em um aspecto isolado. Olhe para o seu interior de perto. deixe de colocar a culpa de tudo o que acontece nos outros, OLHE PRA DENTRO. Descubra as oportunidades. A escolha é sua. Concentre-se no que você pode alcançar, o que estiver ao seu alcance agora.

2- Mudanças:

mudança

Mudar é difícil sim. Eu concordo com você. Mas eu prefiro dizer que mudar é um desafio, assim eu enxergo mais possibilidades para que ela de fato aconteça em minha vida. Mudanças assustam porque trazem perdas, fecham ciclos e abrem novos, causam medo e incertezas, retirando você do status quo. Mas saiba ,nunca é tarde para mudar! Dicas para lidar com as mudanças: Pergunte-se: Vou dominar a mudança ou ela é quem vai me dominar? Escreva no seu caderno os Preços e as recompensas que essa mudança lhe trará. Sempre haverá preços, aceite-os e mire nas recompensas. Trabalhe para que a mudança aconteça primeiro dentro de você para depois acontecer ao seu entorno.

3-Problemas: 

problemas

Todo ser humano tem problemas: brancos ou mulatos, pessoas bem sucedidas ou mal sucedidas, homens ou mulheres, gestores ou colaboradores. Sua perspectiva sobre ele é que determina seu fracasso ou nosso sucesso. A maioria vê obstáculos, a minoria vê os objetivos. Focam nos problemas e não nas mudanças. Dicas para lidar com os problemas: Defina para você o que é realmente um problema. Se for um problema, têm solução! Enfrente e avalie o problema. Veja-o como uma oportunidade. Pense em pessoas que têm problemas maiores que os seus. Determine 3 melhores maneiras de resolver o problema.

4-Medo: 

Medo

O medo faz parte da condição humana. Você, eu e todos os outros sentem medo. É importante compreender o que está por detrás dele. O medo tem efeitos destrutivos: Gera mais medo, leva a falta de ação, te enfraquece e consome sua energia. Afasta você do seu “eu”. Dicas para lidar com o medo: Admita seus medos, descubra a origem deles. Descubra como eles te limitam. Concentre-se nas coisas que você pode controlar. Foque no dia de hoje. Nada de passado nem de futuro, sua mente precisa focar no Agora para administrar o medo.

5-Fracasso:

fracasso

 Um homem não é um derrotado por um inimigo, mas por si mesmo! Não existem conquistas sem antes passar pelo fracasso. Há uma grande diferença entre fracassar e ser um fracasso. Quando você se enxerga e se sente um fracassado passa a se sabotar diante da vida. Se afasta de possibilidades e oportunidades porque lá no fundo a mentira que você conta pra você mesmo é de que você não é capaz de realizar novos projetos ou relacionamentos. Dicas diante de fracassos: Mude sua visão sobre você mesmo. Transforme sua crença de capacidade. Volte a acreditar que você é competente e pode sim conquistar tudo o que estiver no seu controle. Extermine do seu vocabulário as palavras “e se…”, “quando…”, “se eu tivesse…” etc… substituindo-as por “da próxima vez tentarei mais, da próxima vez serei mais …mantenha o bom humor e desenvolva o hábito de aprender com seus erros. Tenha uma perspectiva clara da sua situação. Nunca desista.

Sua atitude perante esses obstáculos fará total diferença na sua vida e também o ajudará a fazer a diferença na vida das outras pessoas. Não deixe que as adversidades tenha um efeito contrário em suas atitudes. Esse caminho é desafiador, você precisa persistir muito, muito mesmo!

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos! Me envia um e-mail ou comenta aqui no meu site! Quero Muito saber sua opinião e vamos estreitar ainda mais nosso contato!

Silvana Girardi

Especialista em Novos Resultados nas Vendas e Negócios.

Inteligência Emocional – Comportamento Humano.

© 2014 Silvana Girardi - Coach & Psicóloga