silvana 104

silvana 103

Eu atuo também como Coach de Vida e cresce a cada dia o número de mulheres que me procuram porque desejam  redescobrir um caminho no mundo emocional, que será a base para um novo posicionamento profissional e pessoal. Em todas as áreas o ser humano passa por grandes mudanças. O ser humano está correndo atrás de ter e viver uma rotina significativa e alinhada aos seus valores de vida. E em relação às mulheres, muitas não aceitam mais o incomodo de “ser” quem elas não são. De calar-se em relações que não mais agregam valor  aos seus sonhos, seu trabalho e sua existência. Independente da idade e principalmente as de 50 anos, estão procurando ajuda e um novo redirecionamento em suas carreiras. O trabalho é a chave para a mulher realinhar seu propósito e suas questões emocionais. Quando o trabalho não mais atende suas expectativas, quando ela não se sente abraçada e desafiada em seu trabalho, aí está a alavanca para grandes descobertas emocionais.

A mulher está saindo da zona de conforto e cada vez mais.

Isso me deixa muito feliz. Eu também, um certo dia, fiz esse caminho. Um caminho de muitas dúvidas iniciais, de não saber para onde ir, como ir, com quem contar. Descobri que eu tinha que contar comigo mesma e só comigo naquele momento, porque há muito tempo havia me deixado, abandonado minha melhor parte em prol de outras escolhas. Arrependimento? Jamais! Muito aprendizado e amadurecimento nesse caminho. Quando você realinha suas expectativas, vai em busca de se conhecer ainda mais, eleva sua auto estima independente dos padrões que são impostos, você transpõe toda e qualquer barreira  que possa haver no percurso. Aliás as barreiras são em sua maioria internas, aprendidas e reafirmadas pela nossa mente que é o nosso comandante. A trava é a mente e nada mais do que isso. Quando você entende essa limitação, você passa de vitima a protagonista, deixa de lado o passado que não potencializa seus resultados e as mudanças que precisa fazer e passa a buscar elementos cruciais para esse novo acordo que faz consigo mesma. Busca o “cristal” adormecido em seu interior. Faz o carvão brilhar! Traz o brilho para suas relações, no trabalho ou na vida pessoal, se sente viva, pois há muito tempo, muito de si mesma estava morto!

Nessa palestra na empresa parceira Funcesp, tivemos a oportunidade de lançar esse bate papo e uma reflexão linda que ficará marcada em minha carreira profissional. Pra mim valeu muito a pena essa passagem e essa conversa. O empoderamento feminino vai além de ter um lugar, ganhar mais etc. Empoderar-se é olhar pra dentro e resgatar as pérolas adormecidas num caminho que por alguns motivos, foram trilhados. Hoje, você pode escolher novas conversas, novos sentimentos e situações que alinham-se ao seu momento. O que está esperando?

Conte comigo nesse trajeto e viva!

Silvana Girardi

 

TK-QM-LOGO-REV00

Tenho certeza que você já ouviu aquela expressão: Tal pessoa tem um “Q” a mais … Você conhece aquele profissional … ele tem um “Q” a mais … Nossa aquela mulher realmente tem um “Q”  a mais!

E você tem um Q a mais? O seu querer está elevado? Já foi um dia? Sua energia íntima, seu entusiasmo, vontade, paixão nas atividades que executa … estão alinhadas na sua vida? Você sente que sua vida tem siginificado?

Esse “Q” a mais está inserido no Método QM que desenvolvi com a proposta de que você alinhe sua vida em um propósito. Resgate seu QM. Faça um caminho diário para isso. E um acompanhamento é imprescindível nesse momento. Não precisa ser sozinho. Até porque você só enxerga limites em você mesmo e em tudo o que faz. Quando sua visão é ampliada, começa a enxergar horizontes distantes, descobre em si mesmo um potencial adormecido. Aos pouco você vai acessando suas chaves internas e se plugando a um mar de possibilidades e oportunidades que existem lá fora. Se você olhar pra dentro vai exalar lá fora! Faz sentido pra você?

Rumo ao QM!

Silvana Girardi

Especialista em Resgatar – Reencontrar – Manter  – o QM ….Alinhado ao Propósito de Vida.

www.coachingcomasil.com.br

© 2014 Silvana Girardi - Coach & Psicóloga