Inteligência Emocional e Metas.

Inteligência Emocional e Metas.

Quem quer avançar?

Palestra Interativa: Inteligência Emocional.

Esse tema não tem fim, apenas inícios. Eu me identifico com ele e acredito que você também tem buscado leituras, vídeos, palestras, cursos, treinamentos, não é?  Essa palestra abrange uma reflexão acerca da vida, do dia a dia no trabalho, do impacto na liderança, nas equipes e metas pré estabelecidas.Então o profissional que desenvolve essa habilidade, avança em sua carreira e projetos pessoais! Como? É preciso querer muito e persistir! É preciso se conhecer, aprofundar em seus limites e forças e expandir a consciência. Ouvir a voz das emoções. Mas entenda, essa busca é única e exclusiva de sua responsabilidade.

Inteligência Artificial.

Segundo a Revista Furtune, 40% das empresas desaparecerão em 2030. Cerca de 60% dos empregos como conhecemos hoje, irá desaparecer. As organizações precisam se reinventar na mesma velocidade que a tecnologia. Apenas 11% das organizações estão preparadas para o Futuro em todo globo. E daí eu pergunto:

  • Quantos profissionais estão realmente se preparando pra essas mudanças?

10 habilidades do Profissional do Futuro.

Segundo World Economic Forum, a Inteligência Emocional é uma das 10 habilidades mais requisitadas para o profissional de hoje. Realmente não haveria dúvidas sobre isso. Muitas pessoas acreditam que ter inteligência emocional está em “ser emotivo”, ser sensível. Agora eu gostaria de te dizer que não está nesse nível. Por ser uma habilidade, você pode aprendê-la usando ações e estratégias diárias. Lembre-se: se você não se colocar às novas experiências, não instalará novos hábitos ou comportamentos. Você mesmo pode criar essas estratégias no dia a dia, permitindo-se experimentar e impactar as pessoas que fazem parte do seu convívio.

Tudo muda quando você muda. E isso não é jargão, é real. Ao mudar de posição, de lugar, você começa a aguçar a curiosidade daqueles que convicem com você. No início eles poderão achar bem estranho, mas com o tempo esse novo padrão tende a se acomodar e você passa a ser referência. Já pensou em sua responsabilidade nesse caminho?

Autoconsciência.

É o primeiro pilar da Inteligência Emocional segundo Daniel Goleman, Psicólogo PhD Harvard. Se você é uma pessoa que busca várias formas de se conhecer e se cuidar, você já está desenvolvendo esse pilar. Saber quais são seus dons e talentos, saber nomear seus sentimentos, ser autoconfiante e entender o que pode ser melhor, faz parte desse trabalho.  Quebrar paradigmas vai te ajudar no processo. Então vamos para o segundo pilar?

Autogestão.

Significa aprender a avaliar o tamanho do problema e desenvolver estratégias para resolvê-los, veja:
1) Avaliar a situação de estresse como um desafio ou oportunidade;
2) Acreditar que somos capazes de lidar com a situação;
3) Utilizar recursos e técnicas para o desenvolvimento do autocontrole.

Você e eu sabemos que os problemas e os desafios fazem parte da nossa jornada diária. Eles vem e vão não é mesmo? Então, é inteligente olhar pra eles, encarar e não perder a cabeça quando eles aparecerem! Afinal daqui há 6 meses certamente esses problemas não terão mais influencia em sua vida. Tudo é inconstante e imutável, pense nisso!

Motivação. 

Você é quem faz. Você cria a motivação. De acordo com o foco que estabelecer em seus pensamentos, com sua autonomia, você mantém um ritmo para o alcance de metas e objetivos. Não espere pela empresa que você trabalha. Não espere pelo outro. Desenvolver a motivação faz parte de um estado de melhoria contínua. Um estado que você cria de acordo com o foco que coloca em seu sentir diante das experiências diárias. Se você aprende a se automotivar, você aprende a esperar o deleite das realizações. Deixo aqui agora essa pergunta pra você refletir:

  • Nunca lhe deram oportunidade? Mas você já pensou em criá-las por si próprio? Como?

Empatia.

Essa habilidade vale ouro. É desafiador descrevê-la. É fácil falar dela, e é preciso maestria para colocar em prática. Vivenciar o sentimento do outro nas palavras e ações que ele apresenta é quase um dom. E mesmo não sendo, você e eu podemos aprender a ser empáticos! A empatia  permite ligar-se ao outro emocionalmente, e assim as relações tornam-se confiáveis e duradouras. Sendo assim, para a liderança é um ingrediente essencial. Não há dúvidas.

Não basta ser competente, é preciso ser humano! É preciso ser inteligente emocionalmente. É preciso saber ouvir! E isso não se aprende em escolas e faculdades. Deveria! Então, meu convite é que você se perceba e busque apoio nesse trajeto. Afinal, você não veio ao mundo somente pra pagar contas, não é mesmo?

Relacionamento Interpessoal.

Outro dia subi um vídeo no Youtube falando um pouco sobre o Envelhecer Consciente. Se desejar assiste lá ( https://www.youtube.com/watch?v=u91RyxB97lg&t=555s). Nele há uma reflexão sobre as pessoas que chegam com sucesso na maturidade. O relacionamento humano e as relações que desenvolvemos ao longo da nossa vida é um dos fatores que irá determinar o seu resultado aos 70,80,90,100 anos. E que seja né pessoal?

Relacionar-se também faz parte das habilidades que compões a Inteligência Emocional. Habilidade de interação com outros indivíduos, utilizando competências sociais. O relacionamento é uma habilidade e com ele você é capaz de  gerir os sentimentos de outros. Olha só como ele está totalmente alinhado a empatia. É a base de sustentação da liderança e da eficiência interpessoal.

Desenvolva sua Inteligência Emocional

Todos os seres humanos têm a possibilidade de melhorar e desenvolver qualquer uma das habilidades destacadas por Goleman. A Inteligência Emocional pode ser desenvolvida, treinada e aprimorada com a construção de novos hábitos, novas formas de pensar e se comportar. Meu trabalho como Coach, por exemplo, apoia esses pilares. Se você desejar conhecer esse trabalho, agende sua sessão cortesia enviando uma mensagem. Se desejar contratar nossa palestra, envie um e-mail para contato@silvanagirardi.com.br e em breve retornaremos!

Avante!

Com carinho,

Silvana Girardi

Sem Comentários

Deixe um Comentário